Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Viagens por dentro dos dias

Blog em torno de literatura, arte, viagens, etc.

Blog em torno de literatura, arte, viagens, etc.

25.01.23

Os jornais fazem por nos manter em constante estado de ansiedade, em desviar nossas emoções das coisas que realmente importam para nós. Por que deveria eu ceder ao poder deles e deixá-los dizer-me o que pensar?

Olga Tobarczuk, Prémio Nobel da Literatura, 2019, in "Conduz o teu arado sobre os ossos dos mortos"

18.01.23

Charme é um esquema para fazer estranhos gostarem e confiarem em uma pessoa imediatamente, não importando o que o charmoso tem em mente.

Kurt Vonnegut in Breakfast of Champions, 1973

16.01.23

Simpatia atrai simpatia na razão directa das personalidades em presença.

© António Garcia Barreto

10.01.23

milankundera.jpg

(...) é através da acção que o homem sai do Universo repetitivo do quotidiano onde toda a gente se parece com toda a gente, é através da acção que ele se distingue dos outros e que se torna indivíduo.
Milan Kundera, A ARTE DO ROMANCE, Círculo de Leitores, Lisboa, 1991

06.01.23

De acordo com uma iniciativa da Porto Editora, a PALAVRA DO ANO 2022, escolhida pelos internautas, foi : GUERRA. Não significa, naturalmente, que as pessoas que responderam sejam favoráveis a um conflito armado. Mas a guerra que grassa um pouco por todo o lado, sobretudo a guerra russo-ucraniana, tocou-lhes forte, sendo uma fonte de preocupação.

02.01.23



Quando uma pessoa tem a sorte de viver dentro de uma história, de viver dentro de um mundo imaginário, as dores desse mundo desaparecem. Enquanto a história continuar, a realidade não existe mais.




Paul Auster, escritor norte-americano, in "As Loucuras de Brooklyn", ASA, 2006

27.12.22



Para dizer a verdade, estou cansada: não só fisicamente, claro, que a idade já pesa, mas também cansada de tentar fazer alguma coisa pela literatura e cada vez mais encontrar um muro do outro lado, pois o que parece interessar actualmente à maioria das pessoas é um tipo de livro leve e fácil, que não as faça pensar, ou então as séries de ficção, algumas boas, que viciaram muita gente durante a pandemia.


Maria do Rosário Pedreira, editora, poeta, no seu blog "Horas Extraordinárias".

27.12.22

querubim-o-filho-da-puta.jpg

"Quando o amor não muda o mundo, o mundo muda o amor. Estava finalmente decidido a não dar mais nenhuma oportunidade a Malvina para chantagear os meus sentimentos por ela. Dediquei-me em exclusivo ao trabalho."

António Garcia Barreto in Querubim, o Filho da Puta., Guerra e Paz Editora

25.12.22

GetResource.jpeg

Lembre-se sempre que quando um homem sai do quarto, ele deixa tudo para trás... Quando uma mulher sai, ela carrega consigo tudo o que aconteceu no quarto.

Alice Munro, escritora canadiana, Prémio Nobel da Literatura 2013

18.12.22

António_Spínola.jpg

Conta-se uma estória muito curiosa num livro (Nuno Castro, "Heróis do Ultramar", 3.ª ed., Oficina do Livro, Alfragide, 2019) que aborda aspetos e personalidades em destaque na Guerra Colonial Portuguesa, que decorreu entre 1961 e 1974. Na introdução do livro refere-se que o furriel Luís Melo Correia, aprestando-se para vir à Metrópole em gozo de férias, recebe um pedido do General Spínola. Solicitava-lhe o general que no regresso de Lisboa lhe trouxesse as lentes do seu monóculo. Luís Melo Correia cumpriu a ordem (ou o pedido). Mas não conseguiu travar o gesto de experimentar as lentes. Foi com surpresa que concluíu não passarem de vidros sem qualquer graduação. Ou seja, o General Spínola usava-os como adereço da sua imagem de militar e homem público. Seria assim?

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D