Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



31
Mai21

Assédio não catalogado nos manuais políticos

por António Garcia Barreto

Hoje fala-se muito de assédio, de vários tipos, feitios e formas, mas ninguém fala do assédio levado a cabo pelas operadoras de telecomunicações no sentido de nos vender um produto que não nos interessa por uma ou por outra razão. É um assédio diário, a qualquer hora, repetido, chato, obrigando-nos a atender o telefone quando julgamos que o assunto é outro; ou a desligar ainda antes de saber de que se trata, pois a insistência leva-nos a desconfiar. Sobretudo, quando está próximo o termo de um contrato com uma operadora e outra tenta a sua sorte "atacando" em força. Como é que essa outra operadora sabe que o fim do nosso contrato está próximo é um mistério tuga. Mas como dizia a minha avó, devem ter "espírito santo de orelha". Esse assédio não está catalogado nos manuais políticos. A verdade é que o cidadão não se queixa. Julgo eu. Mas devia.



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2021
  2. JAN
  3. FEV
  4. MAR
  5. ABR
  6. MAI
  7. JUN
  8. JUL
  9. AGO
  10. SET
  11. OUT
  12. NOV
  13. DEZ
  14. 2020
  15. JAN
  16. FEV
  17. MAR
  18. ABR
  19. MAI
  20. JUN
  21. JUL
  22. AGO
  23. SET
  24. OUT
  25. NOV
  26. DEZ