Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Viagens por dentro dos dias

Blog em torno de literatura, arte, viagens, etc.

Blog em torno de literatura, arte, viagens, etc.

A guerra continua

sem solução à vista

30.05.22

Os EUA precisam de uma Rússia forte, para que ela não se alie à China. É preciso demarcar bem os territórios e não deixar que se formem conglomerados difíceis de enfrentar. Entretanto, enviam para Ucrânia umas armas que não servem nem respondem ao que os ucranianos precisam e exigem. A UE recuou no alvoroço inicial, talvez agastada com algumas indiretas de Zelensky. No campo de batalha, sem armas de nível semelhante, sem aviões, sem aeroportos, sem helicópteros, sem artilharia pesada, sem armada, os ucranianos vão cedendo território aos russos. O Batalhão Azov rendeu-se e está nas mãos dos russos. Esperar o quê? Um milagre? A capitulação do país? Abrir negociações com os ucranianos de rastos, ficando os russos com toda a zona do Donbass, para mais tarde haver uma invasão total e anexar definitivamente a Ucrânia? Talvez seja a estratégia dos EUA, mais interessados em defender os seus interesses geoestratégicos do que com uma Ucrânia independente. A UE, passada a efervescência inicial, assobia para o lado.

Os navios de cereais

bloqueados no Mar Negro

26.05.22

Parece-me cada vez mais evidente que o Ocidente tem medo da Rússia. Ou então fala muito, mas depois contemporiza com a situação, deixando os ucranianos à mercê de si próprios. É inadmissível que os russos bloqueiem a saída de cereais do Mar Negro, quando já existe escassez, e há ainda o perigo de se estragarem milhões de toneladas de cereais, e não se tome nenhuma medida adequada. Já se percebeu que a Rússia fala através de armas e o Ocidente continua a insistir na via diplomática. O Kremlin só aceitará negociações quando tiver a Ucrânia reduzida totalmente a escombros, numa relação suserano e vassalo.

26.05.22

2333530A-43A9-42AD-A7F6-2A2175E2FDE9.jpeg

Hoje há vento a preços módicos
Tremeluzem as folhas das árvores
como se dissessem adeus a quem passa
Pardais praticam equilibrismo nos ramos
agitados pela brisa do norte
Passo sob as árvores e as
aves chilreiam um cumprimento matinal
- Bom dia, respondo, com a
elegância da palavra e um sorriso jovial
 
António Garcia Barreto in "O cio das manhãs", Astrolábio Edições, 2020

Kissinger

em Davos

25.05.22

Há gente responsável na gestão do mundo, no tempo da guerra fria, que vem dizer agora (Kissinger, 98 anos, em Davos), que a Ucrânia deve ceder território aos russos, de outro modo a UE vai ter um futuro difícil. Ou seja, a Ucrânia deve ser a rolha entre o leste e o oeste do mundo e perder o acesso ao mar? Portanto, a invasão da Ucrânia pelos russos, a mando de Putin, a destruição de um país e a morte de inocentes, não tem nada de mal; como não tem nada de mal os EUA, de vez em quando, sempre que os seus interesses o exigem ou lhes dá na bolha, devam invadir outros países, como aconteceu com o Afeganistão, o Iraque, a Líbia. E fico por aqui. Abençoada a liberdade de quem só reconhece liberdade a si próprio e ao seu reino.

22.05.22

Sua Excelência desanima-me a cada passo que dá, a cada gesto que faz, a cada frase proferida, a cada entrevista, a cada qualquer coisa. Absoluto desacerto como estadista. Não podemos pedir-lhe para passar à reserva numa ilha das Caraíbas?

O Discreto Cavalheiro

Uma investigação do detective Jorge Raposo

20.05.22

A4C14DAE-1ABE-46EB-BDDF-BA3FCC139AE3.jpeg

"Nos anos 30 do século xx, em pleno consulado de Salazar, a morte inesperada do Professor Cartago, um latifundiário alentejano, arqueólogo amador com trabalhos de campo na cidade romana de Ammaia (Aramenha/Marvão), levanta dúvida aos seus filhos. O Professor é uma figura próxima do regime vigente na época, lavrador rico, viúvo recente, pessoa discreta de parcas palavras e gestos.» (Da badana do livro). Mais informações em Wook.pt

 

Pág. 1/3

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D