Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



31
Mai21

Assédio não catalogado nos manuais políticos

por António Garcia Barreto

Hoje fala-se muito de assédio, de vários tipos, feitios e formas, mas ninguém fala do assédio levado a cabo pelas operadoras de telecomunicações no sentido de nos vender um produto que não nos interessa por uma ou por outra razão. É um assédio diário, a qualquer hora, repetido, chato, obrigando-nos a atender o telefone quando julgamos que o assunto é outro; ou a desligar ainda antes de saber de que se trata, pois a insistência leva-nos a desconfiar. Sobretudo, quando está próximo o termo de um contrato com uma operadora e outra tenta a sua sorte "atacando" em força. Como é que essa outra operadora sabe que o fim do nosso contrato está próximo é um mistério tuga. Mas como dizia a minha avó, devem ter "espírito santo de orelha". Esse assédio não está catalogado nos manuais políticos. A verdade é que o cidadão não se queixa. Julgo eu. Mas devia.

30
Mai21

Marguerite Duras

por António Garcia Barreto

"Muito cedo na minha vida foi demasiado tarde."

28
Mai21

Informação e conhecimento

por António Garcia Barreto

Uma boa parte da juventude de hoje pensa que na Internet está toda a sabedoria. Mas engana-se. Apenas está a informação. A Sabedoria, o Saber, o Conhecimento, é algo de mais difícil acesso. Um peixe de águas profundas que não é possível apanhar com as malhas da rede da Internet.

Como diz o Cardeal Tolentino MendonçaPassamos pelas coisas sem as habitar, falamos com os outros sem os ouvir, juntamos informação que nunca chegamos a aprofundar.”

25
Mai21

Jardim

por António Garcia Barreto

E313E7BE-DBF2-4478-BE7D-85CC4ECE41D4.jpeg

 

Uma biblioteca é um jardim de palavras e de sonhos.

(agb)

19
Mai21

Reunião de poetas

por António Garcia Barreto

1CB7BB04-CE1A-4A27-B38E-97AC759C1BB6.jpeg

Conjunto escultórico da autoria do escultor belga Francis Tondeur no Parque dos Poetas, em Oeiras.

São 14 os poetas ali representados: António Gedeão, José Carlos Ary dos Santos, António Maria Lisboa, António Botto, Irene Lisboa, Sebastião da Gama, Rui Knopfli, Luís Nava, Adolfo Casais Monteiro, Pedro Homem de Mello, Fernanda de Castro, António Aleixo, Ruy Cinatti, Manuel Alegre.

 

19
Mai21

Alberto Manguel

por António Garcia Barreto

Biblioteca Alberto Manguel.jpg

Alberto Manguel, escritor de origem argentina e nacionalidade canadense, autor da conhecidíssima "Uma História da Leitura" (edição portuguesa da Tinta da China), entre muitas outras obras, legou a sua impressionante (pela quantidade e qualidade das obras) biblioteca pessoal de 40.000 volumes à cidade de Lisboa, onde vive atualmente.

O espaço para receber este acervo de livros fica, ao que julgo, num palacete da Rua das Janelas Verdes, que está a sofrer obras de remodelação para receber e adequar esse espaço ao fim em vista: uma extraordinária biblioteca.

É um gesto que dignifica o autor e a cidade de Lisboa.

15
Mai21

Osvaldo Ventura...

por António Garcia Barreto

... é nome da personagem principal do romance "É Perigoso Brincar com os Beijos", uma edição da Astrolábio Edições.

C2FEFA34-C633-496B-9689-077198664038.jpeg

 

Quando Osvaldo Ventura abandonou o seu país, aos dezanove anos, nunca supôs que, quarenta anos depois, o seu passado o chamasse de volta para lhe revelar que a vida verdadeira não foi só a que viveu, mas a que deixou para trás esquecida na vila de onde era natural. Tudo sublinhado por uma frase que não teve oportunidade de ler:

- É perigoso brincar com os beijos.

13
Mai21

Água fresca

por António Garcia Barreto

Levaparalongeessa-2.png

 

12
Mai21

Sou Benfica. Parabéns Sporting

por António Garcia Barreto

Desde que nasci que me lembro de ser do Benfica. Mas isto agora não interessa nada. Sou Benfica, Parabéns Sporting. Ao fim de dezanove anos é um triunfo bem merecido. Grande trabalho do técnico Ruben Amorim e, claro, dos jogadores. Ah, curiosamente, não se ouve falar do presidente do clube. Recata-se, não anda nas bocas do mundo. Faz o seu trabalho. Deve ser um bom presidente. Parabéns, também, para quem comanda a máquina sem espalhafato.

07
Mai21

Maneiras de ser enganado

por António Garcia Barreto

Existem duas maneiras de ser enganado. Uma é acreditar no que não é verdade; a outra é se recusar a acreditar no que é verdade.

Soren Kierkegaard

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2021
  2. JAN
  3. FEV
  4. MAR
  5. ABR
  6. MAI
  7. JUN
  8. JUL
  9. AGO
  10. SET
  11. OUT
  12. NOV
  13. DEZ
  14. 2020
  15. JAN
  16. FEV
  17. MAR
  18. ABR
  19. MAI
  20. JUN
  21. JUL
  22. AGO
  23. SET
  24. OUT
  25. NOV
  26. DEZ