Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Viagens por dentro dos dias

Blog em torno de literatura, arte, viagens, etc.

Blog em torno de literatura, arte, viagens, etc.

07.08.22

images-2.jpeg

Nesse ano ouvi as codornizes. Vi
o mar e o verde. Campos campos do
Mondego. As rãs coaxavam. Ouvi os grilos
trilo do Tempo. Em mil novecentos e
sessenta e um. Agosto angústia. E o silvo
do comboio no verde oeste.
Entre o Agosto e Mafra. Codornizes
eu vos ouvi nos campos do Mondego
e estava triste. Lembro: um arrepio.
Como um azul partindo-se em cinzento.
 
MANUEL ALEGRE in Nambuangongo, meu amor, Dom Quixote, 2008

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D