Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


2 de maio

por agb, em 23.04.17

Mesmo à frente do Café deixaram crescer um jardim, onde pela voz dos pássaros podemos adivinhar o nome certo das aves ocultas pelos ramos.

Uma vez que de pardais e pombos está bem servido, deixemos que da mão do poeta para lá voe e fassa ninho este cazalinho de gralhas.

José Luís Barreto Guimarães, "Poesia Reunida", Quetzal, 2011

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:53



Blogue de António Garcia Barreto

Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D